Capeia Arraiana

A Capeia Arraiana é uma festa tauromáquica que faz parte da tradição das festividades populares da zona de Riba Côa, também conhecida como a raia de Espanha. Originária em Aldeia do Bispo, esta lide taurina tem raízes ancestrais e caraterísticas únicas no mundo. Desde 2011, esta manifestação da cultura popular faz parte do património cultural imaterial nacional. A sua singularidade reside no facto de a lide do touro bravo ser feita de forma coletiva, com o recurso a uma estrutura de troncos de madeira chamada “forcão”.

+

Romaria da Senhora do Almortão

A maior e mais antiga romaria da Beira Baixa ocorre na terceira segunda-feira depois da Páscoa e a 15 de Agosto. A Senhora do Almortão tem o seu santuário a 7kms de Idanha-a-Nova e o seu culto é assinalado documentalmente desde o século XIII.

+

Romaria de Nossa Senhora das Dores

A Festa de Nossa Senhora das Dores realiza-se no primeiro domingo de julho, no santuário situado na aldeia de Paul, no concelho da Covilhã.A tradição remonta à altura das Invasões Francesas. Em 1810, o pároco e o povo da aldeia esconderam a imagem num trigal com medo que fosse destruída pelas tropas de Massena. Como agradecimento surgiu a romaria. Em 1896 foi construída uma pequena capela que seria ampliada em 1954 para o atual santuário, com escadório e sete capelas intermédias.

+

Romaria de Santa Luzia

Estas festas são uma das grandes romarias da Beira Baixa e realizam-se a 15 de Setembro no santuário de Santa Luzia, uma capela do Século XVIII situada numa colina próxima à aldeia de Castelejo, no concelho do Fundão e coincide com o feriado municipal.

+